quarta-feira, 28 de outubro de 2015

1º Post com asneiras pq o tempo não é para menos...

É inconcebível que se possa achar que há qualidade num modelo de jogo de um treinador q sustenta que:
  • "O treino é o menos importante" - caríssimo Rui, se não consegue perceber a ligação entre o treino e o treinador então a coisa está ainda pior do que achava. O único sítio onde tem influência é o que menos interessa? Ah, já percebi porque é que acha que consegue parar contra-ataques dando goles de água - superstição adquirida no Fátima segundo percebi...
  • "Fizemos muitos cruzamentos mas não finalizámos bem" - caríssimo Rui, se a bola está no meu pé, é nossa; se está no ar, é de todos. Vamos transformar as bolas que são nossas em bolas de todos e rezar para que torne a ser nossa e dê golo? Parece-me uma excelente opção! Avé Maria cheia de graça...
  • RV vê os penalties de costas - superstição - que merda de mania a minha em achar que a competência e o trabalho pode ganhar às bruxas...
  • "Estamos a fazer o nosso caminho" - foda-se então o caminho é por onde? É pelo Vitor Andrade? E pelo Talisca? E depois pelo Pizzi? E pelo meio pelo Guedes? E depois pelo Fejsa? E em seguida pelo André Almeida? E agora pelo Renato Sanches? Mas QUE CAMINHO É ESTE??? O caminho de quem não sabe onde está, nem para onde quer ir e está a ver se descobre uma solução milagrosa. Foda-se são as bruxas!!! Estou-me sempre a esquecer que na realidade os jogos de futebol ganham-se pelas bruxas!!
  • Quando as coisas não correm bem, metem-se 3 pontas-de-lança. Uma solução altamente testada no treino e q consiste em bater bolas para a área e rezar Avé-Marias. Quer dizer, não foi testada no treino mas também não é preciso porque o treino é o menos importante e com o RV a dar goles de água daquela maneira e a rezar enquanto bate-palmas tem tudo para correr bem!!
  • Caríssimo Rui Vitória lamento informar que não há nem vão haver balizas nas linhas laterais. O caminho para o golo terá sempre que passar pelo meio. Sei que é uma chatice mas pronto...sempre pode pôr em prática as Avé-Marias... 
  • "Fizemos muitos cruzamentos mas não finalizámos bem" após o último jogo- junta-te ao David Moyes e façam par na sueca. Passarão a ser conhecidos no mundo inteiro como a dupla de sueca que em vez de bater as cartas na mesa as atira para o ar.
  • Em 20 minutos sofremos mais golos do SCP do q em 6 anos anteriores. 14 derbies, 1 derrota. 2 derbies, uma derrota e uma goleada em casa. Sim RV, vai pro caralho!
Quem achar que este texto não é Benfica, que vá pro caralho tb. O que não é Benfica é aquilo q eu vi dentro de campo no domingo! O que não é Benfica é estar a enfiar a cabeça na areia em vez de analisar os indicadores.

51 comentários:

  1. Cada vez mais acho que JJ foi uma aposta feliz (sim aposta, pq duvido que existam critérios para a contratação de treinadores...)!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como adquirir um bom treinador

      Vou explicar isto com calma e bastante devagar, porque o momento a isso obriga.

      Quando procuro um treinador para a minha equipa é porque preciso dele. E posso precisar dele para várias coisas - vários objetivos. Admitamos que preciso dele para tirar o máximo rendimento desportivo da minha equipa e esqueçamos tudo o resto.

      A minha equipa tem um valor intrínseco, que decorre do valor individual dos jogadores. Aproveito para referir, de passagem, que o valor de cada jogador resulta da sua técnica individual, da sua inteligência e da sua capacidade de interpretar em campo aquilo que o treinador lhe pede.

      No início de cada época tenho uma coleção de jogadores com um valor intrínseco, mas tenho uma equipa que apenas tem um valor potencial - ou seja, um valor hipotético. O que eu quero é que esse valor potencial da equipa se concretize e seja excedido. A este efeito chama-se sinergia.

      É aqui que entra o treinador.

      Eu quero contratar um treinador que tenha este histórico profissional: pega numa coleção de jogadores média e faz deles uma equipa de valor superior, pega numa coleção de jogadores fraquinha e põe a jogar uma equipa de meio da tabela ou acima, pega numa coleção de bons jogadores e ganha uma final europeia. É apenas isto.

      Portanto, quando ando a prospetar treinadores eu não posso olhar só para os resultados que eles fazem, mas também para as coleções de jogadores que eles treinam. Também tenho de compreender se existe um nexo de causalidade entre a ação do treinador e os resultados das suas equipas.

      Reparem que até aqui eu não analizei táticas nem me preocupei com o que se passa dentro do campo. Afinal é para isso que preciso do treinador, pois se eu soubesse do ofício não contratava treinador nenhum: ia para lá eu.

      Dito isto, está claro que posso analizar uma boa quantidade de treinadores e distinguir o trigo do joio. Ponho a minha gente a analizar dados e a ver jogos. Crio a minha “short list”.

      Reparem também que o treinador não mete prego nem estopa na escolha do plantel. Quem escolhe o plantel sou eu, ainda que perceba pouco de futebol. Claro que me aconselho com muitas pessoas, todas elas sabendo mais que eu, entre as quais os treinadores. Nota da redação: eu falo com o treinador e ele explica-me o perfil dos jogadores que fazem falta na equipa. Eu, como não sou burro, tento encontrar jogadores que correspondem a esse perfil. Até podemos combinar algumas destas questões no início da época, quiçá escrevendo isso no contrato.

      É claro que na vida real há mais fatores a complicar as escolhas, mas o principal já ficou dito.

      Também há a considerar que eu arranjei jogadores baratos e quero vendê-los caros. No entanto a mim não me interessa se eles estão no banco ou não. Eu quero é que a equipa tenha um desempenho otimizado. No final, se não vender o José, vou vender o João. Que me interessa a mim o nome? Numa equipa de sucesso, todos parecem bons. Portanto, vou valorizar os meus ativos, desde que tenha uma equipa, em vez de uma coleção de jogadores.

      Ponto prévio, não desprezível: eu quero que o meu treinador seja honesto e auto-motivado e que procure sempre o sucesso da equipa. Se não o fizer, por causa de alguma força oculta que não seja do interesse da minha equipa, cá estarei eu para lhe mostrar o caminho da saída.

      Por fim, as contas. Tenho de pagar ao treinador que eu escolher, mas tenho um orçamento limitado. Tenho de fazer este exercício: em primeiro lugar calculo o valor da minha coleção de jogadores, depois calculo o valor que a minha equipa irá atingir na mão deste treinador. Olho para a diferença. Se o treinador que eu quero me custa menos que esta diferença, então para mim é bom negócio.

      Agora ide e espalhai a boa nova.

      Não tem de quê.

      Excluir
  2. Acho que o Benfica perdeu por nabice táctica.

    ResponderExcluir
  3. Acho que o Benfica perdeu por nabice táctica.

    ResponderExcluir
  4. Tenho medo que sim Bernardo...

    Achas mal Pedro Nuno...

    ResponderExcluir
  5. Absolutamente de acordo. Obviamente deveríamos dar algum benefício da dúvida e tempo ao novo treinador mas está provado que não serve. RV e JJ começaram a trabalhar com um dia de diferença nas respectivas equipas...As comparações são inevitáveis e as diferenças vêem-se a partir do espaço. Falar à posteriori é fácil, mas para deixar sair JJ teríamos de ir buscar alguém de créditos firmados. E o pior é que o casmurro do presidente vai segurá-lo a tal ponto que ainda pode cair com ele.

    ResponderExcluir
  6. A questão de dar tempo a RV é pertinente. A minha pergunta é outra: o q é q RV fez no Vitória (ao nível do modelo de jogo) q fizesse com q fosse contratado? É q os erros já estavam lá todos!!!

    Edson,
    Não digas asneiras...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LFV queria um treinador baratínho e dócil, que não fizesse ondas e pusesse uns rapazinhos a jogar para os vender no final da época em pacotes de 15 milhões.

      Excluir
    2. Discordo. Acho q LFV quer o bem do Benfica, até pq em última instância quanto maior o bem do Benfica, maior o bem dele.

      Excluir
    3. O bem dele pode ser obtido sem vitórias.. como? enganando os sócios com os jogadores que aqui são vendidos por 15 milhões mas depois quem os compra diz a que só pagou 4 milhões, e para compensar a falta de dinheiro das vendas vai enterrar o Benfica com os empréstimos obrigacionistas, onde as entidades bancárias lhe podem dar comissões que utiliza nas suas empresas. por exemplo. Fora as comissões das vendas e compras de jogadores que reparte com Mendes...

      Excluir
  7. Bruno
    Não vou ser tão critico quanto tu no que diz respeito a RV. Penso que na altura da saída de JJ referi que a minha preferência seria MS ou VP. Sempre tive a sensação que RV não era treinador para o SLB e no fundo o voto de confiança que lhe dei foi para me provar o contrário...Infelizmente mantenho que não é treinador para nós. Mas não penses que a simples substituição de treinador irá resolver a questão. Todo o paradigma do futebol está errado. Não digo que não devas apostar em jovens, mas fazer disso a espinha dorsal da equipa é um risco enorme. Estes jovens até têm valor mas não têm estofo para lutar pelo titulo. Têm de ser integrados aos poucos numa rotina "vencedora" e não entregues aos bichos como está a ser feito. Uma autentica sportinguização. Pegando um bocadinho nas modalidades em que somos campeões (que são quase todas) o que é que faz a diferença para o futebol? Para mim a diferença é que temos planteis muito competitivos e excelentes treinadores. Nalguns casos somos muito competitivos tanto na vertente interna como na até nas competições europeias. O que difere para o futebol? Embora o futebol seja outra realidade não podes aspirar a ser campeão sem uma equipa competitiva e um treinador competente. É a diferença do futebol para as restantes modalidades. E já agora não deixa de ser curioso que as coisas no SLB resultam bem quando LFV não tem intervenção directa nestas matérias e se preocupa exclusivamente com a gestão do clube/SAD.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Benfica é o actual campeão e o plantel foi reforçado com Mitroglou e Jimenez.
      Perdemos Maxi e Salvio (por lesão) mas temos Semedo e não seria pelo Guedes que o problema se colocaria.

      Discordo que todo o paradigma do futebol esteja errado e esses são os exageros que momentos como o actual provocam e com os quais é preciso ter cuidado sob pena de se destruir tudo o que de bom foi feito.
      A formação do Benfica é excelente assim como a integração com a equipa B.

      O problema coloca-se quando não se consegue ter a equipa principal a operar a níveis de excelência que permitam que os se continuem a desenvolver no patamar seguinte num ambiente competente e vitorioso.

      E é por isso que a escolha do treinador da equipa principal é tão fundamental e deveria ser tomada respondendo a critérios rigorosíssimos.
      O facto de o não ser deixa-me maluco...

      Excluir
    2. Acho que não fui muito claro no meu comentário anterior. Acho que a forma como colocaste a questão está correcta, ou seja, integrando jovens numa "equipa principal a operar a níveis de excelência". O que não é de todo o caso...agora a ideia do presidente não é bem essa. Desinvestiu no plantel e quer por força que sejam os jovens acabados de sair da B a suprir essas necessidades. Esta lógica não é integrar os jovens uma "equipa principal a operar a níveis de excelência"...

      Excluir
    3. Não é verdade que se tenha desinvestido. Podemos discutir se deveria ter investido mais (sou capaz de concordar) mas isso não é desinvestimento.
      O Benfica perdeu Maxi e Lima. Ganhou Jimenez, Mitroglou e outros que pouco ou nada contam até ao momento mas deve pagar mais em ordenados do que o ano passado.
      Quando digo "equipa principal a operar a níveis de excelência" refiro à excelência de comportamentos colectivos adoptados.
      E aí, estamos todos de acordo, não é o que se passa com RV.

      Excluir
    4. Com a "equipa principal a operar a níveis de excelência" qualquer Manel parece bom jogador. E há malta q ainda não percebeu a questão do Manel...

      Excluir
  8. Vai tu para o caralho,agora tenho de concordar contigo?Mas concordo com o resto do texto,a merda e que vamos ter de levar com e ele e as bruxas por mais tempo.

    ResponderExcluir
  9. Eu até acho que o Edson resumiu muito bem toda esta problemática!
    Dou por mim a dizer o mesmo várias vezes por dia desde Domingo...

    ResponderExcluir
  10. Discordo António, um grande treinador chegava.
    lol fizeste-me rir RedAtheist ;)
    Cosimo, somos não sei quantos milhões a sentir o mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não podemos concordar em tudo...Mas concordamos no essencial o que já é qualquer coisa...

      Excluir
  11. A questao e que estou a ver esta epoca por um canudo, com exibicoes e resultados que nao fazem jus a historia do Benfica. E quais sao as hipotesese agora? Dar tempo e apoiar o treinador? Acho que todos os benfiquistas estao preparados para o fazer, mas RV ja deveria ter mostrado mais do que mostrou ate agora e comeca a ser pouca a pachorra para mais discursos da “familia benfiquista”, do “foco no jogo” e mais bla bla bla whiskas saquetas. Que meta a porra da equipa a jogar a bola, que chutao para a frente e fe no Gaitan e no Jonas nao e tactica nenhuma.

    Ja ouvi muita malta a falar em chicotada psicologica. Raros sao os casos em que tal resulta numa melhoria, e menos sentido faz se nao existe um treinador imediatamente disponivel e com unhas para o cargo. Marco Silva, Jardim ou ate Vitor Pereira nao sao hipoteses actualmente.

    Ja estou como o Edson. Foda-se.

    ResponderExcluir
  12. Parafraseando o Edson: foda-se, mas querem dar mais tempo para ver exatamente o quê? Qual é o espaço de manobra que se vê? São 3 meses (Julho, Setembro e Outubro) em que o futebol só regride. São 3 meses em que até o discurso do treinador é sempre as mesmas banalidades.

    Foda-se, como diz o Pelé, mas neste momento até dava uma hipótese ao Paneira... Com um bando de coxos como o era o Tondela conseguiu atacar com mais critério contra o Sporting num jogo, do que o Benfica em dois...

    Foda-se...

    ResponderExcluir
  13. O problema RV é conjuntural. O problema estrutural é deixar a escolha do treinador unicamente ao Presidente.
    Temos um departamento de prospecção de jogadores. Temos de ter um de treinadores (e não venham com a conversa que tem de ser obrigatoriamente português).
    PS: o RV, como gajo conas que sempre foi, acha que está a comprar tempo culpando os jogadores ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho fundamental alargar a prospecção aos treinadores.

      Excluir
    2. Mas qual departamento de prospecção de jogadores? Dos jogadores contratados este ano? Anedota!

      Excluir
    3. O Benfica tem a melhor formação e o melhor departamento de scouting do país. Não é por aí.

      Excluir
  14. A ideia da prospecção de treinadores é interessante... Será que alguns clubes já fazem isso? Tenho ideia que na Alemanha e tipo no Salzburgo e cenas assim é capaz de acontecer.

    Eu já vi o que tinha a ver do Vitórias. O problema não são os resultados. Nada disso. Até podíamos ter perdido os jogos todos - se jogássemos com uma boa organização estaria satisfeito. O problema é o processo.

    O Benfica joga o jogo muito mal. As ideias colectivas que existem (pressão em todos os momentos, defesa à zona, muita posse de bola) são boas na teoria mas, aparentemente, são implementadas de forma ridícula. O que significa que o treinador dificilmente vai mudar a forma como treina. Ninguém muda de um dia para o outro.

    Quando há uma aposta que é claramente errada a ligação deve ser revista. Seja no futebol, seja noutros relvados da vida. Mesmo com alguma ponderação à mistura.

    Alternativas? O Benfica precisa de um treinador que saiba implementar uma ideia dominante. De querer ter a bola sempre e com boas linhas de passe. Sem bola a equipa deve pressionar o adversário e usar a defesa à zona. O dito cujo tem de prestar atenção aos miúdos, por uma série de razões - e algumas são mesmo desportivas. Com esta ideia a servir de base, a tal prospecção de certeza que identificará vários nomes em Espanha (não conheço bem o Paco Jemez mas há muita gente a falar bem das ideias dele), França (Sagnol, o gajo do Lyon, Puel), Alemanha e outros países.

    Depois temos o Marco Silva - quem sabe aceita deixar o Olympiakos? Não me parece algo assim tão complicado. Acho que é um bom treinador, sem ser maravilhoso. Com o plantel que o Benfica tem - que não é extraordinário, longe disso, mas em Portugal só há um melhor - serve perfeitamente.

    Tenho gostado de ver o Braga. Digo sem receios que o Fonseca é um bom treinador. E fico com a ideia que ele ainda pode melhorar. Se me dessem a escolher, mesmo reconhecendo que vi muito pouco do Varzim e Tondela, nunca contraria o Vitórias em vez do Vítor Paneira, por exemplo. Nunca.

    Mil vezes o Fernando Valente! E o Rui Jorge, só para lembrar mais um nome?

    Resumindo: opções não faltam. Se calhar, o que falta são pessoas que saibam escolher as melhores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha e o Carvalhal? À conta do mediatismo do Wednesday por via das eliminações do Newcastle e do Arsenal acabei no Youtube a ver alguns resumos e aquilo parece bem organizado.

      Rui Jorge se o projecto passa por putos podia ser interessante.

      Como houve ali uma gralha não percebi, nunca contratarias o Vitória em vez do Paneira ou o ao contrário, preferias o Vitória ao Paneira?

      Os alemães acho que são um bocado alérgicos a virem para o quentinho, mas gostava de ver o tipo que esteve no Moechengladbach o ano passado. Este ano a coisa não lhe estava a correr de feição, mas...

      Excluir
    2. Lucien Favre é o treinador que estava a pensar. Não é alemão, é suíço. Será que isso o faz menos alérgico ao sol?

      Excluir
    3. Contrataria o Paneira sempre.

      Favre e esqueci-me do Laudrup e do VP. O Carvalhal é bem mais fixe do que o Vitórias.

      Opções não faltam.

      Excluir
    4. Por acaso já me lembrei de Paulo Fonseca. Apesar de as coisas não terem corrido bem no FCP a verdade é que ele teve uma equipa de "amendoins" enquanto que o actual treinador tem "caviar". A minha duvida relativamente a PF é se ele tem estofo emocional para treinar o SLB...

      Excluir
    5. Caguei para o estofo emocional. Não me diz nada e nem tenho forma objectiva de avaliar. Antes disso preciso de ter campos para treinar, bons jogadores e organização dentro do relvado. O Benfica tem as condições todas, falta a organização dentro do relvado. Em relação ao Fonseca, julgo que a má experiência no FCP só o beneficiou.

      Excluir
    6. Gostava muito do Borussia do Favre e já que não pude ver o Laudrup de manto sagrado vestido poderia ver como treinador que já não era mau.
      Portugal tem excelentes treinadores como os que já aqui foram ditos. Opções existem. É preciso é saber escolhoer.

      Edson, o Marco Silva só pode voltar a treinar em Portugal em 2017.
      E aí há uma coisa que tem que ser dita em relação à espécie de presidente do lagartedo.
      Contratou 3 treinadores. Jardim, Marco e JJ. Foda-se!

      Excluir
    7. Diga-se em abono da verdade que o Nalgas Badoxa sabe escolher treinadores!

      Excluir
    8. Olha o Jardim... Fala-se de Mourinho no Mónaco, será que podemos vir a ter o Jardim da Luz?

      Eu acho que o Paulo Fonseca teria sido uma boa opção para suceder ao Jesus. O Paços com ele sempre me pareceu viver de uma tentativa de replicar os processos do Benfica, mas com jogadores de qualidade inferior. No Porto tentou romper com os processos dele a equipa ressentiu-se e como no Porto como no Benfica não há tempo para adaptações o imediatismo dos resultados ditou uma nervoseira. Só que me parece que no Braga está a demonstrar as lições aprendidas e a equipa vai evoluindo. Pode ser devagarinho e com alguns percalços mas o Braga parece estar agora melhor do que há sete jogos atrás e do que no final do ano passado.

      Laudrup! Nem me lembrei desse. Podia-se fazer uma vaquinha e oferecia-se uma caixa de Barca Velha todos os meses se ele viesse. (Por causa do negócio de vinhos que ele tem.)

      Excluir
    9. Paulo Fonseca não iria ter tempo (muito melhor do q RV); Carvalhal só conheço o do SCP e esse não chegava; Leonardo Jardim e Marco Silva acho q n chegavam; estrangeiros não dariam porque não percebem que para se ser campeão em PT há q ter quase 90% de pontos conquistados. Rui Jorge estou a adorar o trabalho q fez nos miúdos mas pode ser pouco...
      Ai Vítor Pereira, Vítor Pereira... ou então era a pedrada no charco e trazia-se o Paulo Sousa - 90% dos benfiquistas gritariam e os restantes deliciavam-se a ver futebol :)
      Mas mais vale deixar de sonhar...vai continuar o RV, vão chegar camiões de jogadores e depois acabamos com a vinda do Paulo Bento.

      Excluir
    10. És muito céptico, Bruno. kkkkk

      Todas estas escolhas implicam algum risco. Faz parte da vida. As ideias têm de ser boas. Depois se tem experiência ou não, se chega ou não, se tem estofo não, isso não conseguimos avaliar.

      Por exemplo, o Laudrup tinha no Swansea uma equipa muito gira. Mas a defender... Ui! Dava medo. Só que há sempre a possibilidade das pessoas evoluírem.

      Tenho quase a certeza que com o Jardim ou o Marco Silva, por exemplo, o futebol do Benfica melhoraria muito. Mas reconheço que o futebol que as equipas do Jardim praticam não me satisfaz. Só que dentro das ideias dele, ninguém pode dizer que não há competência.

      Claro que o Bruno já mostrou que sabe escolher treinadores - ou foram escolhas óbvias? É que se formos a ver bem ele seguiu a lógica, não veio com nenhuma ideia diferente. Para já, tem escolhido muito bem.

      Também me esqueci do Paulo Sousa. Óptimo treinador.

      E ainda não falamos no Bielsa! Bruno, há bué de opções que garantem alguma lógica (pelo menos isso).

      Excluir
    11. PF tenho dúvidas apenas porque acho que lhe falta pulso. Já MS, LJ e VP parecem-me boas escolhas mas estão todos tapados. Se o RV meter água na Champions e for outra vez sodomizado pelo SCP não me parece que passe lá o Natal por muito que o teimoso do presidente queira...

      Excluir
    12. Foda-se Pelé não me digas q a escolha de RV não teve lógica! O gajo jogou com miúdos da equipa B (!!) do Vitória, fez um ótimo campeonato e é benfiquista!!! Tem a raça o querer e a ambição de um verdadeiro benfiquista! O q é q é preciso mais??? Ah e acabámos de saber que tem uma "relação fortíssima com os jogadores" e claro q "estamos a fazer o caminho..."

      Excluir
    13. E sabe falar muito bem inglês, ou pelo menos foi o que a propaganda andou a destacar como uma qualidade do Rui Vitória.

      Convocatória para o jogo: Clésio e Franciso Vera. Desde que sejam bons no 1x1 e a cruzar siga. o treino é o menos importante.

      Excluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Acham o Fernando Valente descabido?

    Mostrou capacidade de pôr as suas equipas a jogar um futebol atrativo com bons princípios e indo contra as ideias institucionalizadas na segunda liga (jogo físico e chutao na frente) e impôs se com bons resultados.
    Conseguiu fazê-lo com jogadores de qualidade razoável/baixa. Quantos aos processos defensivos não são tão bons como os de JJ mas acho que estão à altura da maioria do treinadores que referiram, à exceção de VP. Contudo o Benfica iria passar grande parte do tempo a atacar por isso os processo não precisam ser os melhores do mundo, para as despesas nacionais.

    Por outro lado, e sinceramente, o Marco Silva e o Leonardo Jardim a mim não me encantam, no entanto são um grande upgrade em relação ao RV, que é um pobre coitado que vale tanto como o Petit.

    Acho que esta opção seria uma pedrada no charco e não teria, caso o RV fosse despedido a curto prazo, a obrigação de ser campeão e poderia preparar a equipa à sua imagem.

    Ao contrário de JJ, o Fernando Valente tem uma postura mais "simpática" e sabe estar e falar o que com certeza conquistaria facilmente os adeptos.

    Enfim, um sonho...

    Ps: Também gostava do Bielsa mas sei que no plano defensivo as equipas dele deixam um bocado a desejar... Mas a atacar passava a ser um espetáculo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acho nada descabido! Todos sabem que adoro o que conheço do Fernando Valente. Um gajo fixe e com ideias. Oye.

      Excluir
  18. O problema Bielsa é o mesmo do problema Klopp: a visibilidade do campeonato e a capacidade do clube de contratar/segurar qualidade individual só permite mesmo sonhar com essas opções. Laudrup poderia talvez ser interessante, mas acho que ele procura opções com, lá está, mais visibilidade.

    Quanto às opções caseira, entre Paneira e Fernando Valente há qualidade «no desemprego» suficiente para tomarem conta do clube já em Janeiro, se, como infelizmente se antevê, o Benfica já andar arredado do Campeonato e da Taça. Se é para perder, então preferia perder com tipos que ao menos querem jogar com qualidade.

    Jardim não é o meu preferido, mas se ficar disponível no final da época, será uma evolução. Se fosse para investir eu preferia o Carvalhal (os motivos estão ali em cima) ao MS. Não acho que MS, quer pelo trabalho no Estoril, quer no Sporting, seja bem o treinador que o Benfica precisa. Será sempre melhor do que RV, mas não bem o que o Benfica precisa.

    O problema maior é o presidente do Benfica reconhecer que errou. Mais depressa o Guardiola é treinador do Benfica e traz o Messi com ele, do que isso acontece, portanto estamos mesmo fadados (para não dizer fodidos) a levar com mais ano e meio de Vitória...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que estás enganado em algumas coisas.

      O LFV já mostrou que quando se chateia resolve logo o assunto. A questão, como foi dito antes, é saber como ele vai resolver o assunto, ou seja, qual é a alternativa e porque motivos.

      Vê esta entrada no PdB mas vê com muita atenção o vídeo sobre o Estoril do Marco Silva: http://possedebolla.blogspot.com/2013/09/marco-silva-estoril-2-2-fc-porto.html

      Esquece o Marco Silva do Sporting. Aquilo era um saco de gatos e, como bem sabemos, as condições para trabalhar simplesmente não existiam. O Bruno não despediu o Marco Silva em Dezembro do ano passado porque não tinha dinheiro para isso.

      Se o Laudrup aceitou ir para o Qatar - achas que ele não aceita vir para o Benfica?

      E o Fernando Valente não está desempregado. Está no Santa Clara desde há três semanas-um mês.

      Excluir
    2. Começando pelo fim: ainda bem que o FV está empregado, que tipos como ele não merecem estar em casa a estudar futebol. Agora é só encontrar um satélite que me deixe ver os jogos.

      Não sei os termos da ida dele. O Quique também andou por lá e já voltou, mas voltou para a liga inglesa. O Qatar ajuda a pagar mais contas do que o Benfica e um Inverno mais ameno. Eu entre estar em casa ou a ser tratado que nem um sheik, também não tinha grandes dúvidas!

      O MS... A sensação que fico é que se quando o Porto foi buscar o PF tem ido buscar o MS, ainda hoje o MS lá estava e o Benfica não tinha limpo, ou pelo menos não com a facilidade que foi, os dois anos seguintes. O que sinto é que o modelo do PF se adequa mais ao que é «tradição» do Benfica do que o modelo do MS, que por exemplo acho que se adequa mais ao Porto. Isto é difícil de explicar, até porque ao nível futebolístico percebo mais do que o Vieira e um bocadinho menos que o resto do mundo.

      LFV quando se chateia... Pois, mas chatear-se é diferente de reconhecer que errou. O problema é esse!

      Excluir
  19. Pois tou de acordo em relação ao presidente. Acho mesmo que vai ser difícil admitir o erro...

    Mas os resultados e os adeptos vão força-lo a admitir!!
    Acredito convictamente que daqui a um mês o RV tenha somado tantas humilhações que nem o Vieira o vai conseguir agarrar, resta saber se o que virá a seguir é melhor que o RV...

    Esta é outra questão que me deixa sem esperança nenhuma..
    Em tantos anos de presidência o normal foi escolher treinadores incompetentes... JJ foi a excepção!!

    Acho que uma das medidas que o Benfica deveria adotar, seria a de ter na equipa b um treinador com potencial, podendo mesmo ser desconhecido que possa ser a qualquer momento o treinador principal, não ser um lugar apenas para dar trabalho aos "amigos", que é o que me parece o caso! E assim teríamos sempre um opção que não entrava sem conhecer o contexto de trabalho, evitando o que aconteceu com o RV que precisava de se focar em todas as questões extra treino porque ser treinador do Benfica não é só isso...

    Sinceramente acho que estamos sem rumo, associados a uma situação financeira débil, o futuro parece ser cinzento com tons de negro....

    ResponderExcluir
  20. Tirando a parte de ir para o caralho, acho que estiveste bem.. mas Rui Vitória é um treinador que não fala mal, sabe falar portanto, não dá calinadas no português, não mastiga pastilha elástica, não é arrogante bem pelo contrário, e até e benfiquistas. Todas estas condições eram defendidas pelos exigentes adeptos do Benfica, em particular quando Jesus era treinador.

    Eu diria que temos o treinador que muito mas muito benfiquistas ambicionaram. Claro que isso não é sinónimo de perceberem de futebol. São uma cambada de burros com olhos, invejosos, ingratos e pouco mais...

    E todos adoram Vieira, que foi quem teve a "perspicácia" de mandar embora Jesus e foi contratar este "dos nossos" a pedido de muita gente que agora se esconde...

    ResponderExcluir
  21. Eagle esqueceste-te de uma das características mais importantes de Vitoria... Imperdoável!!

    Aposta nos jovens da Cantera!!

    ResponderExcluir