quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Controlo da Profundidade

Para controlar a profundidade da linha defensiva o conceito da bola coberta/bola descoberta é quanto a mim um dos melhores conceitos. De modo sintético, esse conceito diz-nos que caso o adversário esteja em condições de nos colocar a bola nas costas da defesa, a defesa deve recuar e precaver esse passe. Caso não o consiga fazer (por ter contenção próxima da bola ou estar de costas para a nossa baliza) a defesa deve subir em linha de modo a diminuir a distância entre linhas, reduzir o campo útil e desta forma conseguir pressionar mais o adversário.
Podem ver um simples exercício para isto a partir do 1m40seg no vídeo abaixo:

Depois temos em baixo um vídeo (retirado do "Paradigma Rui Vitória") q demonstra o comportamento da defesa do SLB num lance do último jogo...


video

Ora tendo percebido como pode ser controlada a profundidade da linha defensiva, quem é que estará errado? Luisão ou todos os outros?
Até que ponto é que Luisão deveria deixar de ser titular?

10 comentários:

  1. O que está errado é o burro do Rui Vitória.

    ResponderExcluir
  2. Nao me parece que haja alguem errado nesta situacao. A bola é colocada no meio num jogador de costas para a baliza com Samaris(julgo) a recuperar a posicao mas sem condicoes de fazer a pressao para que a bola esteja coberta. Em resposta Luisao sobe á cobertura da bola sendo batido por um 1-2 e Samaris continua a sua corrida para substituir Luisao no centro da defesa. O problema aqui foi Pizzi nao acompanhar o 1-2 que bate Luisao que o obriga a continuar o desposicionamento e a perseguir o lance de uma posicao desfavoravel para ele ou qualquer central (bola a fugir em vez de bola a aproximar).

    Aliás isto repete-se logo a seguir. Luisao é ultrapassado e Lizandro sai a cobrir a bola enquanto Luisao se reposiciona (acabando eventualmente por se cruzar com o avancado e cometendo falta) que foi o que nao acontecu com o Pizzi.

    Mas isto é como eu vejo... e aceito poder estar errado.

    Poderemos questionar se terao faltado pernas a Luisao neste lance, mas honestamente julgo ter sido mais consequencia da inacao do Pizzi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Nao me parece que haja alguem errado nesta situacao." além do Pizzi

      Excluir
  3. Neste caso concordo mas os mesmos princípios podem ser aplicados ao lance do primeiro golo do Moreirense que analisaste no post anterior, ou seja, bola descoberta, defesa sempre a controlar a profundidade e não a atacar a bola.

    ResponderExcluir
  4. Eh pá a resposta fácil é dizer que estão todos mal! Lendo a tua explicação dizes «a defesa deve subir em linha» e tudo começa mal por aí, a linha defensiva do Benfica é o chamado S, para ser simpático. Nesse lance valeu o Samaris a tapar o buraco.

    No lance do golo, passado o momento da foto 3 do post anterior, é o Lisandro que cobre mal o avançado ou o Samaris que não recuperou a tempo?

    ResponderExcluir
  5. Eu acho que o problema é a descoordenação geral e a falta de processos de treino que permitam estimular os jogadores durante a semana para reagirem de forma correcta.

    Tudo começa com a falta de contenção/cobertura, factor essencial para quem quer pressionar o adversário logo na saída de bola (e o Rui Vitória, aparentemente, quer pressionar, só que não dá as ferramentas necessárias para que os jogadores o façam de forma correcta).

    Neste caso específico, o Luisão reagiu bem - o colega estava em contenção (mal feita porque chegou atrasado e não se colocou imediatamente entre a bola e a baliza) e ele automaticamente reduziu o espaço.

    Só que mais ninguém reagiu da mesma forma (pelo contrário).

    Resumindo: é um desastre em andamento.

    ResponderExcluir
  6. NSC: certo...

    Wipinho: jogador q recebe a bola de costas faz com que a bola esteja coberta...Luisão sobe e bem (para além de q alguém tem q impedir o jogador de rodar e fazer contenção), sendo que todos deviam ter subido...

    AMQ: prioridade nº 1 para qualquer defesa ("Estás a ouvir Rui Vitória??"): colocar contenção na bola. Depois então ajustamos posicionamentos. Senão há ninguém na bola, alguém tem que sair! No lance do golo do Moreirense é o Lisandro q tem q sair pois faz um 2 em 1 (contenção e deixa um jogador em fora-de-jogo). Luisão não podia sair porque senão o passe saía para o jogador à sua direita (Luisão tenta e bem ganhar tempo e esperar que alguém vá fazer contenção ou que Lisandro deixe de colocar o jogador à direita de Luisão em jogo). Arrisco a dizer que se Luisão estivesse sozinho nesse lance tinha dado fora de jogo a favor do SLB... "mais vale só q mal acompanhado" aplica-se muito na defesa...

    RBNortor: Concordo com o S. Há uma expressão mt gira q li há pouco tempo e q chama esta defesa de "defesa mil folhas". Acho q é mesmo mt parecida com o bolo...cd jogador faz uma folha/linha.
    Na defesa à zona não existe essa coisa de cobrir o avançado. As referências são zonais (em função da bola claro)... o Samaris devia ter sido + lesto, mas o Lisandro tem q sair à bola...

    Edson: concordo a 100%.

    Já agora, pergunta para quem quiser tentar responder: que nome se dá a um treinador q quer pressionar mas não cobre a bola?

    ResponderExcluir
  7. Eh pá disse o avançado mas era mais ou menos isso que eu queria dizer. O que eu dizia não era partir para cima do avançado, mas deslocar-se mais lateralmente para limitar as opções do avançado.

    ResponderExcluir
  8. R.B. NorTør não há linha defensiva senão houver contenção na bola. Ou melhor, haver há, espero é que esteja a recuar!
    Portanto e se bem percebi, alguém que saia à bola!

    ResponderExcluir